Posts

Os principais desafios da liderança das organizações

Assumir a liderança é uma meta em comum para a maioria dos profissionais. Mas o que muitos não percebem é que são diversos os desafios da liderança. Junto com a gratificação do cargo, também vêm muitas dificuldades.

 

A liderança é um grande passo para um profissional, e estar preparado para traçar essa jornada com resiliência também faz parte das competências de um bom líder. Para isso, desenvolver a liderança é fundamental para uma organização.

 

Mas como identificar os principais desafios da liderança e trabalhá-los a favor da sua empresa? Neste artigo, compartilho alguns caminhos possíveis para superar as dificuldades da liderança e criar comportamentos de um verdadeiro líder. 

 

Quais são os principais desafios da liderança?

Quando falamos em liderança, uma coisa é certa: o papel do líder é fundamental para os resultados da organização. E, por isso, também é certo que o trabalho do líder não é nada fácil. Tirar planos do papel e fazer acontecer é uma grande responsabilidade!

 

Nessa jornada, muitos líderes, sejam novatos ou de longa data, cometem erros que comprometem a perenidade da organização. Esses gaps surgem especialmente a partir de comportamentos do dia a dia. E alguns dos principais são:

 

  • Alto foco em tarefas e baixo foco em desenvolver pessoas;
  • Falta de transparência e de relações de confiança;
  • Dificuldade em alinhar a equipe às estratégias da organização;
  • Centralização de processos e tarefas;
  • Baixa atenção ao engajamento e motivação da equipe.

 

Essas práticas são muito comuns em líderes de qualquer segmento e, por menores que possam parecer, podem comprometer a empresa de diversas formas. Uma liderança onde predominam esses comportamentos, apresenta: 

 

Turnover, falta de engajamento, hipercompetitividade, falta de alcance de resultados, retrabalho, centralização, falta de autonomia, entre outros problemas que afetam a produtividade e segurança psicológica dos colaboradores.

 

E a lista só aumenta! A longo prazo, ambientes de trabalho com essas características se tornam tóxicos e comprometem o desenvolvimento de pessoas e o crescimento da sua organização. 

 

Quais os comportamentos de um bom líder?

Em um cenário onde as coisas mudam a todo momento, um bom líder é o que se mantém firme diante das adversidades. E, para isso, comportamentos inadequados devem ser transformados.

 

Algumas questões podem ajudar a refletir sobre a liderança da sua organização. Então, procure compreender se o líder:

 

  • Empodera as pessoas para tomarem decisões;
  • Costuma dar feedbacks constantes aos liderados;
  • Tem em mente qual o seu propósito como líder;
  • Valoriza o erro inédito para a aprendizagem;
  • Demonstra-se disponível para ouvir as pessoas.

 

Seguindo os exemplos de gaps trazidos anteriormente, um líder verdadeiramente preparado e alinhado às estratégias do negócio tem como boas práticas:

 

  1. Criar sucessores para garantir a perenidade da organização;
  2. Dar e receber feedbacks constantes, fortalecendo a relação entre a equipe;
  3. Ter senso de propósito e mobilizar a equipe para um objetivo em comum;
  4. Desenvolver pessoas e dar autonomia;
  5. Inspirar pessoas e motivá-las em seus trabalhos.

 

Então, além de identificar os desafios, é preciso tomar atitudes para que a liderança seja a impulsionadora do negócio e não o contrário. Afinal, verdadeiros líderes são aqueles capazes de mobilizar times para um objetivo em comum, inspirar e encorajar pessoas. 

 

Construa uma liderança de alta performance!

Embora algumas pessoas acreditem que liderar é um dom, acredito que vai além disso. Liderar é uma escolha diária, e ter conhecimento de suas falhas é essencial para se desenvolver e se tornar um líder melhor. 

 

É importante ter em mente que a liderança não é técnica, mas sim comportamental. Os profissionais do futuro são os que entendem que se adaptar é a melhor maneira de enfrentar os desafios.

 

Por isso, recentemente, realizei uma palestra com meus sócios, Paulo Alvarenga (P.A.) e Renato Curi, sobre Como criar uma Cultura de Liderança de Alta Performance. Afinal, uma cultura forte é capaz de guiar seus líderes para que performem bem e alinhados às estratégias.

 

Então, se você quer não apenas identificar os principais desafios da liderança, mas agir para superá-los, transformando a sua organização por meio de uma cultura de liderança forte, clique aqui e assista gratuitamente ao conteúdo!

 

Por Arthur Diniz, CEO e fundador da Crescimentum

5 diferenciais do programa de desenvolvimento de líderes da Crescimentum

Sabemos que a liderança tem papel fundamental para que as organizações possam crescer com unidade e consistência. Portanto, um programa de desenvolvimento de líderes é necessário para apoiar a liderança nos desafios de garantir a perenidade do negócio.

 

Foi pensando nisso que a Crescimentum, que trabalha com liderança há mais de 15 anos, criou um Programa de Desenvolvimento de Líderes diferenciado e que realmente traz resultados extraordinários. E isso acontece a partir de muitos diferenciais! Mas primeiro:

 

O que é um programa de desenvolvimento de líderes?

Cada vez mais as pessoas compreendem que uma liderança forte é o caminho, deixando de lado a antiga postura de chefes tradicionais. Mas desenvolver a liderança é uma necessidade e um desafio, na mesma proporção.

 

De acordo com o livro The Expertise Economy, 64% dos CEOs consideram que seu maior desafio para os próximos anos é o desenvolvimento da próxima geração de líderes. É a partir dessa necessidade do mercado do diversos PDL surgem.

 

E um programa de desenvolvimento de líderes é, basicamente, uma forma de treinar e estimular competências essenciais para líderes, através de processos que estimulem e proporcionem o desenvolvimento pessoal.

 

Afinal, o líder deve ser um facilitador das estratégias da empresa, um disseminador de sua cultura e, além disso, a maior influência quando o assunto é motivação, engajamento e produtividade.

 

E o mercado cada vez mais competitivo é o principal fator para que uma liderança forte seja uma necessidade latente no universo corporativo.

 

Caso contrário, visualizamos equipes individualistas e desmotivadas, pessoas com falta de confiança, falta de saúde emocional, queda de produtividade, entre outras tantas disfunções de um time.

 

Quais os diferenciais do PDL da Crescimentum?

Treinar e desenvolver líderes é capacitá-los para que tenham consciência de seu impacto no clima organizacional, desempenhando seu papel com excelência e trazendo mais resultados para a organização.

 

E embora essa seja uma realidade “universal”, acreditamos que um PDL deve ser pensado e desenvolvido de forma exclusiva. Nesse sentido, com nossa experiência de mais de 15 anos em treinamentos para líderes, desenvolvemos 5 diferenciais:

 

1- Personalização

Sabemos que cada empresa possui uma realidade e uma necessidade particular. É por isso que construímos um PDL personalizado para cada organização e esse é um trabalho “à quatro mãos”, ou seja, com a própria empresa em questão.

 

Afinal, quem melhor para falar sobre as dores do negócio do que a própria empresa? O programa, portanto, é único e funciona da seguinte forma: o consultor comercial entende a necessidade do cliente e nossa equipe desenha a melhor solução.

 

2- Expertise

A Crescimentum é especialista em liderança, atuando há mais de 15 anos nesse ramo e já tendo atendido mais de 1.600 empresas no Brasil e no mundo. Portanto, estamos sempre atualizados com tudo de mais moderno quando o assunto é liderança.

 

Para isso, criamos o Centro de Gestão do Conhecimento, área responsável por identificar tendências e preparar nossa equipe com os conhecimentos mais atualizados sobre organizações do futuro, desenvolvimento humano e liderança.

 

3- Metodologia

Já investiu ou participou de treinamentos maravilhosos, mas que não deram o efeito que esperava a longo prazo? Nós também! E isso não significa que um treinamento é ruim, só que não atuou no nível da mudança comportamental.   

 

E foi por identificar essa falha no estilo de muitos treinamentos, que criamos uma metodologia baseada em 5 passos:

 

 

Dessa forma, além de mapear as dores, criar as soluções e engajar a equipe ao longo do desenvolvimento do programa, temos uma preocupação muito grande com o que acontece após. Por isso, utilizamos da Neurociência e Andragogia para uma aprendizagem eficaz.

 

Portanto, atuamos de forma profunda no nível dos valores e crenças, o que já faz com que o líder, de fato, queira mudar. Em outras palavras, desconstruímos modelos mentais que guiam comportamentos indesejados para, então, reconstruir novos.

 

Depois, consolidamos o que foi aprendido com o treinamento e mensuramos os resultados e impactos disso ao longo do tempo, através do acompanhamento de ações e práticas do dia a dia.

 

4- Conexão

Acreditamos que ninguém é melhor do que todos nós juntos e nossa estrela é o cliente. Por isso, valorizamos a conexão no momento do PDL, a partir da troca de conhecimento, de relações de confiança e de brilho nos olhos.

 

Para isso, estamos sempre preparados para treinamentos extraordinários, a partir de trainers exclusivos, garantindo a uniformidade nas entregas, sejam quais forem.

 

5- Cultura

Entendemos que a cultura de uma organização é extremamente importante e é o que garante a identidade, perenidade e unidade do negócio. E uma cultura é definida e propagada pelos líderes.  

 

Nesse sentido, criamos os 5 Cs da cultura, onde compreendemos o estado atual da empresa, comprometemos a alta liderança com a necessidade de mudança, co-criamos uma forma de transformar o cenário, construímos a incorporação de uma nova cultura e mensuramos a eficácia do processo.

 

Por meio de todos esses 5 diferenciais do programa de desenvolvimento de líderes, a Crescimentum apoia o desenvolvimento de uma liderança com mais autoconhecimento e consciência do seu impacto na organização.

 

Com um bom PDL, a empresa melhora a relação entre líderes e liderados e cria uma empresa melhor para todos os colaboradores. Líderes se tornam melhores para seus superiores e para seus liderados, transformando o ambiente em um local de confiança, transparência e comprometimento.

 

Além disso, esse momento faz com que o próprio líder tenha compreensão do valor que agrega ao negócio, conectando-se com seu trabalho de forma mais profunda.

 

Se identificou com nosso Programa de Desenvolvimento de Líderes? Clique aqui e fale com um de nossos consultores e, juntos, traçaremos o melhor caminho para levar a sua liderança para um novo patamar!

 

Por Renato Curi, sócio-diretor da Crescimentum