Posts

Life Coaching: torne-se o guia na descoberta do propósito!

Por Regina Tavernier, coach parceira da Crescimentum

Antes de entrarmos propriamente no tema Life Coaching, é importante saber que estamos atualmente com uma demanda cada vez maior por processos de coaching.

Este é um setor que não para de crescer no mundo e que, como consequência, trouxe para esse segmento certa “banalização”, portanto não é de se estranhar confusões sendo feitas quando o assunto é coaching, assim como com suas modalidades.

Life Coaching: entenda

Neste artigo, a ideia é focar na modalidade Life Coaching, que talvez seja uma das mais confundidas dentre todas, sendo comumente vista como terapia.

A terapia realizada por um psicólogo é completamente diferente de um processo de coaching. E vale lembrar que o psicólogo também pode ser coach, mas são papéis diferentes, e ocorrem separadamente.

Além do mais, segundo a definição do ICF (International Coaching Federation) coaching é definido como “um processo instigante e criativo que visa liberar o potencial pessoal e profissional, para a máxima performance”, ou seja, ele tem como foco objetivos futuros; bem diferente da terapia, que tem como foco o tratamento de problemas do passado que estão afetando o presente.

Outro tipo de confusão que acontece frequentemente é quanto a nomenclatura: Life Coaching ou Coaching de Vida. De fato, não existe diferença entre as duas, o mais importante é do que se trata, para quê e qual motivo levaria alguém a passar por um processo de Life Coaching.

Muitas respostas podem surgir, pois o motivo pelo qual alguém faz essa busca pode variar muito, além de ser particular.

Dentre eles podemos citar um, que é o fato do cliente querer revisitar dimensões de sua vida através da Roda da Vida, essa roda pode abranger 8 ou mais áreas, sendo elas: Física, Familiar, Financeira, Produtividade, Profissional, Intelectual, Espiritual e Relacionamento Íntimo.

Descubra o seu propósito

O objetivo dessa poderosa ferramenta é apoiar o cliente ampliando a visão sobre sua própria vida, convidando-o a explorar mais cada uma delas de acordo com o objetivo traçado por ele.

A partir disso, o cliente estará preparado para dar mais um passo em direção ao seu crescimento, desenvolvimento e consequente evolução. Essa busca irá possibilitar o encontro com sua essência e seu propósito de vida!

Podemos entender que o Life Coaching é a expansão do que há de melhor no ser humano, é um processo que traz um olhar mais integrativo para a própria vida, e assim podemos ampliar o leque de possibilidades de ação, criando a melhor vida a ser vivida.

E, para que tudo isso seja possível, é essencial que o coach apoie seu cliente na jornada em busca de seu propósito de vida. Muitas vezes isso, por si só, já é bastante libertador, trazendo uma maior congruência de vida e realização.

Em geral com ao desvendar o propósito de vida, despontam também os valores que são fundamentais para aquela pessoa. Podemos considerar que os valores são os guardiões desse propósito, e não são suscetíveis a qualquer julgamento!

Não existe valor certo ou errado, e é por meio deles que tomamos as decisões em nossa vida. O alerta é quando esses mesmos valores nos limitam, nos impedem de atingir o nosso melhor

Neste caso, o coach pode apoiar o coachee por meio de perguntas, a ressignificar os valores limitantes e reforçar aqueles que mais potencializam o alcance dos objetivos do processo.

As 3 premissas

Eu costumo trazer 3 premissas básicas para o Life Coaching que conduzo:

Princípio da co-construção

Partindo do princípio que sou 100% responsável pelos meus resultados (sentimentos, pensamentos, emoções, comportamentos etc), posso acreditar que me transformar é o primeiro passo para o desenvolvimento, assim co-crio a minha nova realidade: a realidade que quero viver.

Cuidar-se bem em todas as áreas

Olhar de forma integrativa e mais equilibrada, para todas as áreas da vida.

Experienciar as práticas, exercitar as próprias experiências

Quanto mais nos expomos à vida, mais conhecemos nossas potencialidades e mais evoluiremos em direção ao nosso melhor. E isso pode ser uma combinação entre as 5 dimensões: a do pensar, sentir, criar imagem, o falar e agir sobre.

Não é incomum que as pessoas se surpreendam positivamente ao se depararem com a riqueza do processo de Life Coaching, entretanto, é importante citar que os coaches podem utilizar tipos diferentes de ferramentas a depender de sua linha de formação em Coaching e não necessariamente as que já foram citadas aqui.

Para finalizar, é claro que tudo isso só é possível a partir do autoconhecimento, que é base de todo e qualquer processo de crescimento e evolução.

Contudo, depende do quanto cada um está disposto para uma mudança genuína. Como diz o Paulo Alvarenga (P.A.), VP da Crescimentum e autor do livro #Atitude que Te Move, “a porta para a mudança está dentro de cada um de nós, portanto cabe a nós virar a chave e abri-la”.

Para otimizar os seus resultados e aprofundar-se nas ferramentas de Coaching, busque certificações reconhecidas pelo mercado, como a da Crescimentum.